sexta-feira, 18 de junho de 2010

SImplesmente sorri porque aconteceu

Hoje acabaram os despertadores ás 7:30 e os banhos a correr porque já estamos atrasados. Já não haverá pequenos almoços entre as passadas rápidas no caminho para a escola. Vou ter tantas saudades de tudo isto, nem que seja aquela rotina infernal que pouco a pouco nos deita a baixo, porque é isso que nos faz sentir tão vivos, tão integrados nos dias chuvosos em que temos de estar todos sentados á volta de uma mesa redonda a recordar as nossas parvoíces que por mais vezes que sejam ditas nos fazem rir até nos doer a barriga. Vou ter saudades dos abraços quentes e doces que nos dão quando recebemos uma má nota ou quando simplesmente precisamos. Basicamente, vou ter saudades de tudo, até ao mais ínfimo pormenor, porque foi isso que fez este ano tão difícil mas tão belo, tão importante e marcante. Não, não vou desatar a chorar como a maioria das pessoas que vi hoje. Sei que a vida continua, o mundo não acaba amanhã, e mesmo que a turma deixe de ser a mesma, as pessoas continuarão as mesmas, e eu continuarei a gostar delas como até hoje, ou até mais. "Não chores porque algo terminou, sorri porque aconteceu."

1 comentário:

donald&pluto disse...

Não precisas de chorar, eu não vou embora tão cedo, por isso os abraços vão continuar, a fátima tambem não, ou seja, n tenhas pena que os murros continuam cá, a catarina, muito menos, com os comentários sempre desentregados, e o andré com as piadas secas. Por isso sorri pq aconteu, e não chores porque terminou..... Adorovos ( a todos), até para o ano!!!!