sexta-feira, 6 de julho de 2012


desiludes-me cada vez mais.o teu tom de voz. as tuas palavras. os teus gestos. a tua brusquidão. foste o meu pilar. hoje pareces-te mais com uma árvore morta pelo sal do mar envolto no vento. precisava-te, mesmo sem tu estares lá para mim.